Publicidade

COPIAR O SNIPPET DE CÓDIGO

Popular Posts

Notícias

Recent Posts

[recent]
Jornal Nova Oeste

PARA QUE SERVE O " DPVAT "?

Resultado de imagem para DPVAT

O DPVAT é um seguro de Danos Pessoais causados por veículos automotores de via terrestre ( automóveis, caminhoēs e motocicletas ), sendo obrigatório, sem o qual o condutor não recebe o licenciamento do veículo. Trata-se de um seguro obrigatório que serve para indenizar vítimas de acidente de trânsito, de qualquer nacionalidade, sendo motoristas, passageiros ou pedestres. 

Quem pode receber o Seguro DPVAT?

- Em acidentes que resultem em invalidez permanente: a vítima

- Em acidentes que resultem na morte da vítima: o beneficiário ( herdeiro legal ) 

- Em acidentes que resultam em despesas com assistência médica e hospitalar: a vítima ou o terceiro que custeou as respectivas despesas

Quando ocorre um acidente, a seguradora paga a indenização devida ao acidentado e, posteriormente, o proprietário do veículo que causou o acidente deve ressarcir a seguradora. 

Para requerer o seguro, deve-se comparecer à seguradora com alguns documentos, considerando-se a gravidade do acidente.



ATENÇÃO!!
O requerimento só é valido se solicitado até 3 anos após a data do acidente, ou no caso de invalidez, a data é contada após a elaboração do laudo conclusivo.

Os parentes das vítimas de acidente de trânsito podem dar entrada na indenização do seguro DPVAT gratuitamente, pelos correios. A parceria entre a Seguradora Líder e os correios visa acabar com os intermediários e dificultar fraudes. Maiores informações podem ser obtidas pelo 0800-221204, de segunda a sexta, das 8h as 20h e aos sábados das 9h as 15h.

Se pagar o DPVAT é um dever...procurem seus DIREITOS, ele é todo SEU!

Dra Gisele Luccas deseja a todos os nossos leitores votos de um feliz 2018!




Read More
Jornal Nova Oeste

Itapevi reduz em 31% mortes causadas no trânsito em 2017

Resultado é fruto de ações de conscientização da Prefeitura junto à população
Em 2017, a Prefeitura de Itapevi apostou na conscientização da população e na organização do tráfego para reduzir os acidentes e mortes causados nas ruas da cidade. As ações diminuíram o número de mortes em acidentes de trânsito no município: foram 13 em 2017, contra 19 no ano de 2016, uma redução 31,57%.




As informações são do balanço divulgado na sexta-feira passada (19) pelo Infosiga - um sistema que reúne informações de acidentes de trânsito do Estado de São Paulo – e aponta os dados acumulados de mortes no trânsito de janeiro a dezembro do ano passado.
"Estamos trabalhando para deixar as ruas da nossa cidade mais seguras", diz o prefeito Igor Soares. "Conscientização e segurança são as chaves para que Itapevi poupe vidas no trânsito", afirma.
 O Infosiga é administrado pelo governo estadual por meio do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito/Detran SP. A Prefeitura e o movimento mantém uma parceria com o objetivo de reduzir os acidentes e salvar vidas no trânsito do município.
Em 2016, Itapevi registrou 19 mortes no trânsito, sendo nove de pedestres, cinco motociclistas, três automóveis e duas vítimas não especificadas. Em 2017, foram 13 mortes: sete de motociclistas, quatro de pedestres, uma de bicicleta e um de automóvel.
“A queda de vítimas de acidentes no trânsito está atrelada à uma maior preocupação com a segurança de motoristas e pedestres pelo poder público, que tem estimulado campanhas e ações de conscientização”, explica Kleber Maruxo, secretário de Segurança, Trânsito e Transportes.



Números
De acordo com dados do Infosiga, nos dois últimos anos, a maior incidência de mortes no trânsito em Itapevi foi entre pessoas com idades entre 30 e 34 anos, com nove casos registrados. Na sequência, jovens entre 18 e 24 anos foram os mais vitimados. Foram seis acidentes; seguidos por pessoas de 35 a 39 anos, que registrou quatro mortes.
Somando os dois anos, o total foi de 32 mortes no trânsito: 13 foram de pedestres, 12 de motocicleta, quatro de automóvel, duas vítimas não especificadas e uma de bicicleta.
Na faixa etária de 0 a 17 anos foram três mortes. E, de 45 a 49 anos; 50 a 54 anos; 70 a 74 anos houve duas mortes em cada uma destas faixas etárias. As faixas etárias em que foram registradas uma morte nos últimos dois anos foram: de 25 a 29 anos, 40 a 44 anos, 55 a 59 anos, e 65 a 69 anos.





O Infosiga aponta que a maior parte dos acidentes nos dois anos anteriores aconteceu na madrugada (0h às 6h). Foram nove acidentes resultantes em morte, que correspondem a 28,13% do total de acidentes. Depois, o horário mais perigoso foi o da noite (18h às 24h), foram oito acidentes, e um total de 25%.
Posteriormente, a manhã foi o período mais crítico (6h às 12h). Foram sete acidentes e um total de 21,88% dos acidentes. No período da tarde (12h às 18h) foram registrados seis acidentes e 18,75%. No período não especificado foram duas mortes e um total de 6,25%.
Os dias da semana de maior incidência de acidentes em 2016 e 2017 foram aos sábados (sete mortes), quintas-feiras (seis mortes), domingos e sextas-feiras (cinco mortes em cada dia), segundas-feiras (quatro mortes), terças-feiras (duas mortes e quartas-feiras (duas mortes).   




Segundo ainda informações fornecidas pelo Infosiga, no período destes dois últimos anos, 78,13% das vítimas de mortes em acidentes no trânsito são homens, enquanto 21,88% são mulheres. Nestes registros, 43,75% são condutores, 40,63% são pedestres e 15,63% são passageiros. Dos acidentes computados, 50% acontecem nas rodovias e 40,63% nas vias municipais. Os locais não especificados registram 9,38%.
O sistema registrou 50% do local de óbito das vítimas de trânsito na via onde aconteceu o acidente e 46,88% no hospital. Mortes em outros locais não informados 3,13%.  
Ao todo, o Estado de São Paulo teve uma oscilação negativa de 1,4% nas mortes do trânsito. A queda, em 2016, havia sido de 5,6%. O número total de mortes de 2016 para 2017 foi de 5.727 para 5.645.





No Brasil, as mortes em acidentes trânsito representam a terceira causa no Brasil e a primeira entre os jovens. Em 2016, foram registradas 13 mortes no trânsito para cada 100 mil habitantes. A meta é reduzir para 8,7 até 2020.
Trânsito mais seguro em Itapevi em 2017
O bom resultado na queda dos índices de morte no trânsito foi fruto das políticas públicas desenvolvidas na área no ano passado. Em fevereiro de 2017, a Prefeitura renovou a parceria com o Instituto CCR para desenvolver o programa Caminhos da Cidadania, que insere conteúdos sobre trânsito, meio ambiente e cidadania na matriz curricular de estudantes da rede municipal de ensino.
O programa acolheu 7.191 estudantes da rede. Destes, 3.558 alunos foram do 4° ano, e 3.633 alunos do 5° ano. Desde que foi implementada na cidade, em 2007, a iniciativa atendeu 59,8 mil crianças dos 4º e 5º anos do ensino fundamental da rede pública.
Em maio de 2017, a Prefeitura lançou a campanha “Ser Legal no Trânsito Não Faz Mal”. A iniciativa integrou o Maio Amarelo, ação internacional de alerta para o alto índice de mortes e feridos ao dirigir. O intuito da ação foi aumentar a consciência da população sobre a prevenção e a redução de acidentes de trânsito.
Em setembro do ano passado, Itapevi participou da integração da Semana Nacional do Trânsito com foco no combate ao uso do celular ao volante. Equipes de trânsito distribuíram panfletos, guarda-lixos e corta-pipas para colocação em motocicletas. Também foram instaladas faixas informativas em toda a cidade. Além disso, houve distribuição de material didático e palestras de conscientização nas escolas do município.
Mais investimentos e segurança no trânsito
Em março de 2017, a Prefeitura assinou um protocolo de intenções com o Governo do Estado de São Paulo para reduzir número de acidentes e óbitos no trânsito de Itapevi. A assinatura aconteceu em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes.
Em outubro do ano anterior, a Prefeitura conquistou R$ 937.211,45 em recursos do Governo do Estado de São Paulo para obras viárias em Itapevi. O montante foi adquirido após assinatura de convênio com o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito e o Detran (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo). O ato também aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, e tem como objetivo reduzir o número de acidentes e óbitos no trânsito de Itapevi.




As obras serão realizadas no acesso da rotatória da Cohab, nos acessos à Rodovia Engenheiro Renê Benedito da Silva e Avenida Pedro Paulino e na pista de skate. A Prefeitura irá licitar uma empresa para tocar as intervenções. Como contrapartida ao repasse estadual, a administração municipal promoverá ações de educação de trânsito na região das obras no valor de R$ 15 mil
Read More
Jornal Nova Oeste

Prefeito Igor Soares conquista unidade do Bom Prato para Itapevi



Instalação do restaurante popular foi oficializada em reunião com o Governo do Estado na quinta (11)

Depois de muitos anos de reivindicação, o restaurante Bom Prato finalmente chegará a Itapevi. 

Após um ano de negociações com o Governo do Estado, a Prefeitura selou na quinta-feira (11) a vinda de uma unidade do restaurante para o município. A oficialização aconteceu após uma reunião com o Secretário de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo (Seds), Floriano Pesaro, na sede da pasta, em São Paulo.  


"O Bom Prato é uma grande conquista para a nossa cidade", disse o prefeito. "Com ele, poderemos oferecer refeições a preços populares, oferecendo uma alternativa de alimentação econômica para quem mais precisa", afirmou. 

Os frequentadores do restaurante popular podem consumir refeições nutritivas e de qualidade a preços acessíveis - R$ 1 real o almoço e R$ 0,50 o café da manhã. O público-alvo do programa é a população de baixa renda, idosos e pessoas em situação de vulnerabilidade social.  "É preciso assegurar à alimentação com qualidade para todas as pessoas, em especial, às que vivem em condições sociais fragilizadas", afirmou Pesaro.



A expectativa é que a unidade seja instalada em Itapevi no segundo semestre deste ano. Agora, a Prefeitura tratará de procedimentos burocráticos, como a assinaturas de convênios, além de buscar um local adequado à instalação do restaurante. "Vamos fazer tudo o que for necessário para que a população de Itapevi possa se beneficiar do Bom Prato o quanto antes", disse Igor.

Também participaram da reunião a secretária de Desenvolvimento Social, Defesa da Cidadania e da Mulher de Itapevi, Elaine Rodrigues Bueno de Freitas, o deputado estadual João Caramez (PSDB), Rita Dalmaso, coordenadora da Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional (COSAN) da Seds e a diretora do Programa Bom Prato, Thêmis Kleiber.




Neste ano, o Governo do Estado deve entregar seis novas unidades do restaurante popular. Além de Itapevi, também serão beneficiadas as cidades de Barretos, Ribeirão Preto, Araçatuba, São Bernardo do Campo e Jandira.

Sobre o Bom Prato
Criado há 17 anos, a rede de restaurantes populares oferta alimentação balanceada e de qualidade (almoço e café da manhã) com foco na população e baixa renda, idosos e pessoas em situação de vulnerabilidade social.

No Estado de São Paulo, o Bom Prato é coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e atende diariamente 86 mil refeições. Desde a inauguração em 2000, já serviu mais de 190 milhões de refeições e investiu mais de R$ 530 milhões no programa. Além disso, serviu 300 mil toneladas de alimentos e 200 milhões de frutas.




Há 52 unidades em funcionamento, sendo 22 localizadas na Capital, 09 na Grande São Paulo, 06 no litoral e 15 no interior. O almoço tem custo de R$ 1,00. A alimentação é balanceada com 1.200 calorias, composta por arroz, feijão, salada, legumes, um tipo de carne, farinha de mandioca, pãozinho, suco e sobremesa (geralmente uma fruta da época).

No café da manhã é oferecido leite com café, achocolatado ou iogurte, pão com margarina, requeijão ou frios e uma fruta da estação. A refeição, de 400 calorias em média, custa R$ 0,50 ao usuário. Em setembro de 2011, o café da manhã foi implantado em todos os restaurantes. Crianças até seis anos têm a refeição gratuita.
Read More
Jornal Nova Oeste

Prefeitura inicia demolição do antigo Cemip para construir 1ª Escola de Tempo Integral de Itapevi

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Moderna, unidade atenderá cerca de mil estudantes; investimento é de R$ 13,6 milhões

A Prefeitura de Itapevi iniciou nesta quarta-feira (17) a demolição do prédio onde funcionava o Cemip (Centro de Eventos Jaci Januário da Silva), no Parque Suburbano. No lugar será construída a primeira Escola de Tempo Integral da cidade. A administração irá investir R$ 13.663.314,78. na construção da unidade - a obra deve ser entregue em fevereiro de 2019.




O início dos trabalhos foi acompanhado pelo prefeito, secretários municipais, técnicos e engenheiros da empresa Scopus Construtora & Incorporadora Ltda., responsável pela construção da futura escola.

No lugar de um espaço já obsoleto haverá a construção da inédita primeira Escola em Tempo Integral da história de Itapevi. Será uma unidade modelo, com mais de 6 mil metros quadrados de área construída para cerca de mil estudantes, que entrarão às 7h da manhã e ficarão até o final da tarde estudando.

Cerca de 980 metros cúbicos de entulho devem ser retirados da área de 18.234,13 m² até o final da próxima semana. O volume corresponde a 130 toneladas de materiais. Aproximadamente 70 operários estão trabalhando no local.





No prédio que está sendo demolido, funcionava apenas a Escola Livre de Música de Itapevi. Por conta da obra, a unidade foi transferida na segunda-feira passada (8) para a Avenida Feres Nacif Chaluppe, 39, no Centro. A mudança é temporária; o Cemeb Tarsila do Amaral, que fica ao lado, será adaptado para receber a Escola de Música e também a Escola Livre de Dança do município.

Escola Moderna

A Escola de Tempo Integral terá uma área construída de 6.591,15 m². Será um edifício com espaço térreo, dois pavimentos superiores e um estacionamento com capacidade para 90 vagas de veículos.

A unidade terá ainda 25 salas de aula, espaço para exame médico, quadra poliesportiva, piscina, laboratório, sala de dança, sala de arte, auditório, sala de informática, almoxarifado, secretarias, sala de professores, sala de coordenação, sala de materiais pedagógicos, cozinha, despensa, refeitório e triagem.




A nova escola irá oferecer cinco refeições diárias para todos os alunos, além de atividades esportivas, culturais e até aula de natação.  Igor também reforçou que, em breve, será dada uma ordem de serviço para execução da segunda Escola de Tempo Integral, no Jardim Santa Rita, com previsão para atender também cerca de outras mil crianças em suas dependências.
Read More
Jornal Nova Oeste

Não há motivos para pânico, Barueri não possui casos de febre amarela

Imagem relacionada

Desde novembro, o município de Barueri solicita à Secretaria de Estado da Saúde um maior aporte de vacinas, mas, diante do cenário nacional, os suprimentos são destinados prioritariamente a cidades consideradas em áreas de risco ou que tenham apresentado alguma ocorrência da doença recentemente.

 

Nesta quarta-feira (dia 17), após grande procura por parte da população nas últimas semanas, acabaram os estoques da vacina contra a febre amarela em algumas das 12 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Barueri, além do Serviço de Atendimento Especializado (SAE), que estão aplicando o medicamento.



A situação deve ser regularizada até sexta-feira (dia 19), quando mais vacinas serão enviadas ao município. Espera-se, pelo menos, a chegada de cerca de 60 mil vacinas – esse número depende da disponibilidade do medicamento pela Secretaria de Estado da Saúde. Conforme forem chegando mais vacinas, estas serão repassadas às UBSs.



Barueri está em campanha preventiva de vacinação contra a febre amarela desde o dia 29 de novembro de 2017 e, de acordo com relatório apresentado no dia 16, já foram vacinadas 113.140 pessoas.

Read More
Jornal Nova Oeste

Igor Soares lança programa de atendimento odontológico "Sorriso Mulher" em Itapevi

Serviço será voltado a gestantes, bebês e mulheres vítimas de violência
Nesta quarta-feira (17), a Prefeitura de Itapevi entregou à população o Sorriso Mulher, um serviço odontológico que funcionará no terceiro andar do prédio do Centro de Referência da Mulher (Avenida José Michelotti, 194 - Cidade Saúde). A iniciativa irá priorizar o atendimento de gestantes, bebês de 0 a 4 anos e mulheres vítimas de violência.
Com uma sala especialmente adaptada, o espaço terá capacidade para atender aproximadamente 120 mulheres por mês, em dois períodos de funcionamento - de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 12h às 16h.

“Estamos desenvolvendo trabalhos de excelência no campo médico para atender muito bem nossos munícipes. Temos como objetivo revolucionar a saúde de Itapevi”, disse o prefeito Igor Soares.

No local será possível realizar exames pré-natais odontológicos com o objetivo de cuidar da saúde preventiva da mulher. O espaço também poderá ser utilizado para palestras e atendimentos.

Segundo um levantamento da Coordenação de Saúde Bucal do município, cerca de 47% das gestantes com infecções bucais apresentam risco de parto prematuro e de darem à luz bebês menores do que o considerado ideal pelas equipes médicas.

"Aqui já oferecemos assessoria jurídica, atendimento social e psicológico a mulheres que procuram ajuda", explicou o coordenador de Saúde Bucal de Itapevi, Ricardo Vick. "Agora também será realizada a avaliação odontológica", diz.



A iniciativa, diz a secretária de Saúde e Bem Estar, Luiza Nasi, é pioneira na região. “Este é um serviço que faz parte de um projeto amplo de cuidados com mães e crianças que oferecemos na cidade", afirmou.

O prédio do Centro de Referência da Mulher também conta, desde junho de 2017, com o Serviço de Ultrassonografia (SEU), que está diminuindo a fila de espera de ultrassom. No local são realizados, em média, 200 exames por semana.




Sorriso Especial

Além do Sorriso Mulher, a Prefeitura deve entregar outra unidade odontológica em fevereiro, o Sorriso Especial, que irá funcionar no Centro de Reabilitação (Reab) na Cohab. O espaço atenderá crianças, adolescentes e adultos portadores de necessidades especiais. Sala e equipamentos serão adaptados e profissionais especializados farão o atendimento odontológico. 

Sorriso Móvel

Além do Sorriso Mulher, inaugurada em junho do ano passado, a Prefeitura atendeu, em 2017, 22.300 crianças de Itapevi pelo Sorriso Móvel, uma unidade móvel odontológica que percorreu durante todo o ano as escolas da rede municipal oferecendo atendimento dentário gratuito aos alunos


Read More
Jornal Nova Oeste

Itapevi terá atividades de esporte e lazer de graça durante as férias

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas praticando esportes, campo de beisebol e sapatos

Realizado pela Prefeitura, "Verão Mais Esportes" começa nesta terça-feira (2) e vai até o dia 26 do mesmo mês  
Oferecer atividades esportivas e de lazer gratuitamente a toda a população de Itapevi durante o período de férias escolares. Esse é o objetivo do projeto "Verão Mais Esportes", que será iniciado nesta terça-feira (2) pela Prefeitura de Itapevi. As atividades, que serão realizadas em cinco polos nos períodos da manhã e da tarde, vão até o dia 26 do mesmo mês - no Estádio Municipal, as atividades serão realizadas até o dia 15 de janeiro.
O projeto terá aulas abertas a toda a população, sem necessidade de inscrição prévia, de segunda a sexta-feira. "Queremos incentivar a população a praticar exercícios e levar uma vida mais saudável", diz o prefeito Igor Soares. "Para isso, vamos oferecer o maior número de atividades possível com custo zero para a população", afirma.



Haverá aulas de ginástica, basquete, treinamento funcional, vôlei, basquete, futsal, judô, jiu-jitsu e orientação de corrida e caminhada. Todas terão acompanhamento de profissionais da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude de Itapevi. 
“As atividades são voltadas para todos os públicos, desde crianças até idosos. Conforme formos obtendo uma demanda maior, separaremos as turmas para melhor atender a todos”, diz o secretário-adjunto de Esportes, Maurício Murakami.
O único requisito para participar é respeitar os horários de início e término das atividades. “Pedimos a colaboração da população para o bom andamento dos trabalhos", afirma Willian Marcelino, professor e coordenador de Esportes do município. 
Mais informações sobre as atividades podem ser obtidas diretamente na Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude (Rua Izola Belli Leonardi, nº 8 - 1º andar - Jardim Christianópolis), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Ou pelo e-mail sec.esportes@itapevi.sp.gov.br e telefone (11) 4774-5927 e (11) 4141-1606.
Mais Esportes
Em vigor desde o início deste ano, o Programa Mais Esportes oferece gratuitamente para a comunidade itapeviense aulas em 19 modalidades. O objetivo é formar atletas e oferecer oportunidades de inclusão social por meio do esporte. 
Atualmente, cerca de 3.400 crianças e jovens itapevienses estão inscritos em alguma das atividades do programa.



Para se inscrever em qualquer modalidade esportiva, o interessado deve ir diretamente ao Complexo Desportivo Educacional João Salvarani (Av. Rubens Caramez, 1000A - Centro), de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. 
No ato da inscrição, é necessário preencher uma ficha cadastral com os dados da criança, além de apresentar cópia do RG ou certidão de nascimento, foto 3x4, comprovante de endereço e laudo de liberação médico para prática esportiva. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4205-4464.
Confira a programação do Verão Mais Esportes para 2018:
Ginásio de Esportes (Complexo Desportivo Educacional João Salvarani - Avenida Rubens Caramez, 1000A – Centro)
Horário
Segunda-feira
Terça-feira
Quarta-feira
Quinta-feira
Sexta-feira
8h às 10h
Ginástica
Treinamento Funcional
Ginástica
Treinamento Funcional
Orientação          Corrida e Caminhada
10h às 12h
Basquete
Futsal
Basquete
Futsal

14h às 16h
Basquete
Vôlei
Basquete
Vôlei
Futsal
16h às 17h
Ginástica
Treinamento Funcional
Ginástica
Treinamento Funcional
Orientação          Corrida e Caminhada
CIEF (Centro Integrado de Educação Física - Joel Firmino Sobrinho da Silva - Avenida Pedro Paulino nº 120 - Cohab I)
Horário
Segunda-feira
Terça-feira
Quarta-feira
Quinta-feira
Sexta-feira
8h às 10h
Basquete
Ginástica
Basquete
Ginástica
Basquete
10h às 12h
Vôlei
Futsal
Vôlei
Futsal
Vôlei
14h às 16h
Futsal
Basquete
Futsal
Basquete
Futsal
16h às 17h
Treinamento Funcional
Ginástica
Treinamento Funcional
Ginástica
Treinamento Funcional
Estádio Municipal André Nunes (Rua Prof. Dimarães Antônio Sandei - Jardim Nova Itapevi)
Horário
Segunda-feira
Terça-feira
Quarta-feira
Quinta-feira
Sexta-feira
8h às 11h
Futebol
Treinamento Funcional
Futebol
Treinamento Funcional
Futebol
14h às 16h

Futebol

Futebol
Futebol
16h às 17h
Treinamento Funcional

Treinamento Funcional


Campo Santa Rita (Rua Alcides Cotrim, 177B - Jardim Santa Rita)
Horário
Segunda-feira
Terça-feira
Quarta-feira
Quinta-feira
Sexta-feira
8h às 11h

Futebol

Futebol
Futebol
14h às 16h

Futebol

Futebol
Futebol
Kolping Cristo Rei (Rua Brasília Abreu Alves, 33 - Jardim São Carlos)
Horário
Segunda-feira
Terça-feira
Quarta-feira
Quinta-feira
Sexta-feira
8h às 11h
Judô
Jiu Jitsu
Judô
Jiu Jitsu
Judô






16h às 17h
Ginástica

Ginástica
Read More