Jornal Nova Oeste

Santana de Parnaíba registra óbito por febre amarela

Resultado de imagem para febre amarelaA Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo confirmou a morte de um morador de Santana de Parnaíba por febre amarela. Ele havia viajado para Minas Gerais, onde foi infectado. Outros dois óbitos foram confirmados no estado, em Batatais e Américo Brasiliense. Além disso, há outros 10 casos da doença em investigação de pessoas que também estiveram em Minas Gerais. A Prefeitura de Santana de Parnaíba informou em nota que foi realizado bloqueio na região e a sorologia dos comunicantes do óbito do morador resultou negativa.
Para o infectologista da Unifesp, Celso Granato, existem riscos e preocupação quando uma doença como febre amarela chega a áreas urbanas. "O Aedes Aegypti é muito mais difundido do que o mosquito que pica o macaco, o Haemagogus. Se tem pessoas que pegaram a doença em áreas de floresta e vêm para cidade onde há infestação do Aedes, o risco desse mosquito picar a pessoa contaminada, se infectar e picar outras e transmitir a febre amarela existe", explicou.

As Secretarias de Saúde de Cotia, Itapevi e Osasco informaram que não anotaram ocorrências da doença. Todas elas oferecem a dose da vacina nas unidades de saúde.

A recomendação da vacina, por enquanto, é apenas para as pessoas que vão viajar aos locais de risco. A dose deve ser tomada com até 10 dias de antecedência. O infectologista alerta que é preciso ter cuidado. "Não pode tomar grávidas, mulheres que estejam amamentando, idosos acima de 65 anos". A vacina contém vírus vivo atenuado, as reações são febre e mal-estar, por cinco dias.

Por Agência Impacto

Jornal Nova Oeste

About Jornal Nova Oeste -

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :