Correios
De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares de São Paulo, Grande São Paulo e zona postal de Sorocaba, a greve começa já a partir do dia 26. Assim, as agências dos Correios ficaram fechadas por dois dias.
Professores
Tanto os professores da rede pública como da rede privada de ensino vão parar. A participação na mobilização foi confirmada pelos Sindicatos das duas categorias. Portanto, na sexta-feira, não haverá aulas em escolas e Universidades municipais, estaduais e particulares.
Demais entidades
Sindicatos como o dos Metalúrgicos, Limpeza urbana, Motoboys e Portuários, também vão aderir à mobilização. Enquanto os Sindicatos dos Químicos e Rodoviários e Anexos do ABC devem realizar assembleia para votar a participação na greve.
Na sexta-feira, a CUT também vai realizar uma manifestação, que começa às 17h, no Largo da Batata. A ideia é se encaminhar em direção à casa do presidente Temer, na região do Alto de Pinheiros.