Jornal Nova Oeste

Jogos Adaptados e Paradesportivos promovem inclusão social em Itapevi


 Festival reúne mais de 140 atletas no Ginásio Municipal
Com o propósito de fortalecer a inclusão social pelo esporte e de incentivar a prática de atividades físicas, a Prefeitura de Itapevi promoveu, nesta sexta-feira (19), a quarta edição do Festival dos Jogos Adaptados e Paradesportivos. A competição aconteceu no Complexo Desportivo Educacional João Salvarani (Avenida Rubens Caramez, 1000A – Centro) e reuniu um total de 143 atletas.
Os jogadores disputaram partidas nas modalidades de futsal, bocha, vôlei e corrida para mobilidade reduzida e cadeirantes nas categorias masculino e feminino.
Durante a solenidade de abertura, o secretário de Esportes, Lazer e Juventude, Cláudio Dutra, ressaltou o papel inclusivo do evento. “Encaramos a iniciativa com muito respeito e seriedade. Nossa organização visa entender, valorizar e compreender as limitações das pessoas ajudando-as. É fundamental que o esporte, então, assuma essa função terapêutica e norteadora da melhora da qualidade de vida das pessoas com problemas físicos e mentais”, disse.
O responsável pela organização do Festival, Nilton Cardoso, professor de paradesportos de Itapevi, explicou que o objetivo dos jogos é propiciar um olhar humanizado aos atletas. “Todos estão em quadra para se divertir e darem o seu melhor. Simplesmente queremos que estejam felizes e realizados ao desempenharem as atividades físicas”, disse.
Para Rodrigo Oliveira Gusmão, 23, atleta do futsal de Itapevi portador de transtorno esquizoafetivo, a atividade atribui aos participantes um senso de pertencimento social. “Eu me sinto à vontade e bem recebido por todos com a realização dos jogos. Para sociedade, há receios e preconceitos quanto ao meu comportamento, mas o esporte me auxilia na recuperação e no controle da doença, por isso estou feliz e realizado”, disse.
A mãe de Rodrigo, Maria Silva de Oliveira Gusmão, 51, dona de casa, também elogiou a realização do evento. “O Rodrigo participa desde 2016 do Festival e assim como ele é possível ver no olhar dos outros meninos e meninas a felicidade e a alegria ao participarem do evento. Aqui meu filho é acolhido e não excluído e como mãe isso me conforta e alegra”, revelou.
Participaram da competição 36 atletas ligados ao CIEF de Itapevi (Centro Integrado de Educação Física Joel Firmino Sobrinho da Silva), além das delegações da APAE Cotia (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) (17); APAE Itapevi (22); Projeto Nasce (SP) (18); Sport Clube Corinthians Paulista (futsal - atletas com Síndrome de Down) (19); SDPD Barueri (Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Itapevi) (18) e EMIC Itapevi (CEMEB Prefeito Romeu Manfrinato, antiga Escola Municipal de Inclusão da Criança – EMIC) (13).
Na primeira edição, em 2013, o festival reuniu 140 atletas. Todas as delegações foram premiadas com troféus e medalhas, incluindo atletas e comissão técnica.
O evento contou ainda com a presença de familiares, vereadores e secretários municipais.

Jornal Nova Oeste

About Jornal Nova Oeste -

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :